Bate-papo aborda feminismo de forma acessível na Fligê

As mulheres ocuparam o coreto da Praça dos Garimpeiros com poesia e política no começo da tarde dessa sexta-feira (16) na Fligê, com a “Roda de mulheres: poesia e palavra viva”, seguida pelo bate-papo com a escritora Marcella Rosa, autora do livro “Guia Prático do Feminismo: como dialogar com um machista”. Ao fim desse encontro, o ator Marcos Duarte, com seu teatro mambembe, realizou uma performance que levou a plateia às gargalhadas.

O público da Feira teve a oportunidade de conversar de perto com a autora, que tem a proposta de, com sua obra, divulgar a teoria feminista de forma facilitada, a fim de atingir pessoas que ainda não estão familiarizadas com o tema. Além disso, a autora indica formas de argumentar contra os argumentos corriqueiros que embasam as concepções machistas, abordando o tema de maneira simplificada e bem-humorada.

A proposta do bate-papo, segundo ela, foi a de “mostrar como todo mundo está em um sistema patriarcal e quais são os mecanismos que temos para lutar contra esse sistema de uma maneira que ela não seja tão opressora e cruel tanto com mulheres quanto com homens”.

Foi justamente esse aspecto que interessou a professora de Direito Luciana Silva, que acompanhou a discussão. “A autora fala do feminismo com uma linguagem bastante simples, então me chamou a atenção que crianças de 9 anos interagiram, fizeram perguntas. Ela ressaltou questões importantes ao abordar, por exemplo, que o feminismo não deve ter o cuidado só com a mulher, mas também com o homem, visando a superação de padrões patriarcais”.

Claudia Simões, advogada, afirma que “foi muito interessante perceber a forma didática e fluida com que ela aborda a discussão, buscando a construção de um feminismo da qual todas e todos possam participar, até porque o patriarcado atinge a todos. É marcante a forma como ela propõe uma construção conjunta na oposição ao patriarcado”.

Texto: Érika Camargo


Galeria de Fotos